sexta-feira, 6 de abril de 2012

Carta de amor é assim...


Você se lembra quando tudo começou ?

Aquela velha e boa cantada no Orkut, pra você ver como faz tempo... quem diria, que uma coisa tão simples, e tão ridícula, fosse dar origem a tudo que somos hoje,

Amigos, parceiros, "parentes’’...

Ah, anjo, a primeira vez que eu conversei contigo, já soube o quanto tu é especial, com esse seu jeito todo engraçado, sempre querendo meu bem, sempre querendo me ver bem.

Você se lembra daquelas brigar idiotas? Aquelas conversas idiotas? Aquelas manias idiotas?

Coisas tão idiotas, mais com significados tão grandes, coisas tão idiotas, mais que vão ficar gravadas no meu coração pra todo sempre.

Eu quero que esse carinho que agente tem um pelo outro, nunca acabe.

Sabe, você me faz tão bem, tu pode não acreditar, mais se for parar pra pensar, em quantas vezes você já me fez rir, nossa, é impossível contar.

Eu gosto de ti pra caramba sobrinho lindo, não esquece disso, e pode ter CERTEZA, que toda vez que você precisar de mim, pra chorar, pra rir, pra contar desgraças, pra contar vitórias... pro que for, eu vou estar aqui, como sua amiga, como sua paixão, como sua tia, como o que você quiser.






" A distância pode separar dois corpos, mais nunca dois corações’’

Thaís Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...