terça-feira, 29 de novembro de 2011

Mãe, Pai obrigado por ter feito a mim nos anos 90

O tempo passou, eu cresci, mas minha mente ainda é a de uma criança que gosta de jogar Mario, brincar de Bet, tomar banho de chuva. Minha preocupação era de ficar doente e não poder brincar no dia seguinte. Mas realmente hoje eu olho, pras crianças e digo pra mim mesmo, Mãe, Pai obrigado por ter feito a mim nos anos 90. Onde o amor era expressado e não somente dito, e quanto dito trazia felicidade a muitos, onde meu maior  medo era passar mertiolate no machucado, quando cartas eram enviadas, e não se ouvia músicas, onde desvalorizam a mulher, naquela época a mulher devia ser conquistada pelo rapaz, ao contrario de hoje onde a mulher se joga pra cima do homem. As frases que as crianças usavam pra brigar com as outras era não sabe, não sabe, tem que aprender, orelha de burro, cabeça de ET, hoje crianças de 4 anos ja sabem falar palavrões! Minha felicidade era de passar fases do Mário e as Malícias eram raras, enfim quanto mais olho a sociedade de hoje, mais tenho que agradecer aos meus Pais!


domingo, 13 de novembro de 2011

Fama, dinheiro e felicidade?

O que é preciso para ser feliz?
Fama? Dinheiro? Bens materiais? Sucesso profissional?



Nada disso trás realmente a felicidade, porque a felicidade vai muito além de tudo isso...
Então porque criou-se esse mito de que pra ser feliz é preciso vencer na vida, ficar rico, ficar famoso, ter tudo o que o dinheiro pode comprar?

Talvez seja porque só a minoria da população consiga alcançar essas coisas, para então perceber que ainda têm os mesmos medos e preocupações, que ainda se pegam pensando na vida, que ainda se sentem incompletos, infelizes, só que agora podem sufocar essa infelicidade comprando coisas que supostamente deveriam fazê-las felizes.

A verdadeira felicidade não pode ser comprada, nem alcançada junto com fama, ninguém é feliz, porque não existe feliz para sempre. A felicidade é momentânea, ela está em perceber que a vida se resume ao próximo segundo e por isso viver cada momento como se fosse o ultimo, porque pode mesmo ser.

O que é preciso para ser feliz?


Apenas viver, ciente de que não existe felicidade, existem apenas momentos felizes, dos quais a vida está cheia, e que só você pode escolher entre perceber esses momentos e aproveitá-los ao máximo antes que passem ou continuar em busca do seu happy ending.



Jhony Inexplicável (Johnathan Alves)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...