sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Por que gostamos de sofrer?

       Algum tempo atrás me perguntaram o que é a felicidade, na hora eu não soube o que dizer, mas hoje entendo que felicidade é apenas uma ilusão, um nome qualquer utilizado para definir algo que provavelmente nunca alcançaremos...


       Não alcançaremos porque a felicidade não precisa ser alcançada, ela já está presente em nossas vidas, desde o dia em que nascemos e a única razão para não percebermos isso é o eterno masoquismo do qual todos somos vítimas, todos nós homens, mulheres e crianças somos em nossa essência extremamente masoquistas.
     

       Isso mesmo, gostamos de sofrer, pois se não gostássemos, daríamos valor só a quem merece, não nos envolveríamos física e emocionalmente com pessoas que sabemos que só nos farão sofrer, não reclamaríamos pela falta de algo, mas sim agradeceríamos a presença de alguém...


       Mas infelizmente somos todos masoquistas, e não sabemos valorizar o que merece valor, gostamos apenas do que nos faz mal, amamos apenas o que deveríamos odiar, e assim seguimos com nossas reclamações e infelicidades, sem nunca nos darmos conta de que a culpa de nosso sofrimento é única e exclusivamente nossa. Afinal ninguém assina cartas fechadas.
    
   Quando você sabe que alguém não vale a pena e mesmo assim insiste, passa a assumir a responsabilidade pelo seu próprio sofrimento, quando nos envolvemos com alguém ruim, sabemos antes mesmo de começar que não vai acabar bem, mas nos achamos, únicos, especiais, diferentes dos demais e por isso nos envolvemos, porque nos achamos melhores que os outros e acreditamos que conosco será diferente, mas nunca é.


       E acabamos feridos, magoados, ressentidos e reclamando da vida, reclamando da nossa infelicidade, infelicidade essa que não existe, porque embora algumas pessoas nos façam sofrer, existem outras tantas que nos fazem bem, que nos querem bem.


       A vida é um copo com água até exatamente na metade, é escolha sua perceber que ele está meio cheio, ou que ele está meio vazio, ou simplesmente beber a água e ser feliz.

Jhony Inexplicável (Johnathan Alves)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...