segunda-feira, 23 de abril de 2012

Primeiro Amor


Hoje me lembrei de você, parece um déjà vu, fico vendo os momentos que já passaram, lembrando das coisas que já vivemos...

Sabe, às vezes ainda me pego pensando em você, em nós, nos dias felizes que vivemos, e é incrível pensar que fui tão feliz, que te amei tanto, e que mesmo nunca tendo sido amado tivemos tantos momentos felizes juntos.



Talvez o amor não precise ser correspondido, precise apenas ser sentido, e antes que digam que amor não correspondido apenas nos machuca, quero dizer que não é bem assim, sempre que amamos nos tornamos de alguma forma mais felizes e completos.

Não posso negar que amar e não ser amado dói muito, é difícil e às vezes pode deixar feridas difíceis de curar, já passei por isso, sofri bastante e sei como é difícil chamar de amigo quem gostaríamos de chamar de amor. Mas há certas coisas nessa vida que não podemos mudar, não podemos, por exemplo, obrigar ninguém a nos amar, podemos apenas dar bons motivos e esperar que o tempo faça o resto, cientes de que talvez isso nunca aconteça.

Eu te amei demais, e nada nessa vida me doeu mais do que te ver feliz com outro alguém, naquele momento eu soube de duas coisas:

Eu nunca poderia ser o motivo dos seus sorrisos, na verdade tivemos nossos momentos felizes, mas não me lembro de ter ver tão feliz assim nenhuma vez ao longo desses anos.

Soube também naquele momento que ao longo da minha vida eu teria vários amores, mas apesar disso você sempre vai mexer comigo, porque você é, e sempre será o meu primeiro amor!

Johnathan Alves Damasceno de Barros

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Amizade


Ah os amigos... A família que escolhemos...

Ao longo da vida encontramos muitas pessoas com quem passamos a dividir nossa existência, pessoas a quem chamamos de amigos...

Amigos são aqueles que estão conosco nos momentos mais felizes, nos sorrisos mais idiotas, nas palavras mais loucas, nas risadas mais toscas, e nem por um segundo pense que só de momentos felizes é composta uma amizade... na verdade, amizades são feitas também de brigas bobas, por coisas toscas, de apoios dados em momentos de necessidade, mas principalmente de sinceridade e confiança.


Infelizmente nos dias de hoje existe muita falsidade e nem todos em quem confiarmos vão merecer nossa confiança, na verdade muitos nos apunhalarão pelas costas, mas isso apenas nos tornará mais fortes...

É preciso então escolher a dedo nossos amigos...

Muitas pessoas nos derrubarão no decorrer dos anos, mas podemos escolher por quem vale a pena cair.

Nada nesse mundo vale mais do que um amigo sincero... e embora hajam falsos amigos, as pessoas podem até mentir umas para as outras, mas não sem antes mentir para si mesmas...

Na verdade quem finge um sorriso apenas mostra que é covarde demais para mostrar seus verdadeiros sentimentos.

Escolha bem as pessoas em quem confia, lembre-se que a vida é curta, aproveite, saia, ria, cante, chore, faça amigos, seja amigo e nunca estará sozinho quando cair...

Johnathan Alves Damasceno de Barros

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Carta de amor é assim...


Você se lembra quando tudo começou ?

Aquela velha e boa cantada no Orkut, pra você ver como faz tempo... quem diria, que uma coisa tão simples, e tão ridícula, fosse dar origem a tudo que somos hoje,

Amigos, parceiros, "parentes’’...

Ah, anjo, a primeira vez que eu conversei contigo, já soube o quanto tu é especial, com esse seu jeito todo engraçado, sempre querendo meu bem, sempre querendo me ver bem.

Você se lembra daquelas brigar idiotas? Aquelas conversas idiotas? Aquelas manias idiotas?

Coisas tão idiotas, mais com significados tão grandes, coisas tão idiotas, mais que vão ficar gravadas no meu coração pra todo sempre.

Eu quero que esse carinho que agente tem um pelo outro, nunca acabe.

Sabe, você me faz tão bem, tu pode não acreditar, mais se for parar pra pensar, em quantas vezes você já me fez rir, nossa, é impossível contar.

Eu gosto de ti pra caramba sobrinho lindo, não esquece disso, e pode ter CERTEZA, que toda vez que você precisar de mim, pra chorar, pra rir, pra contar desgraças, pra contar vitórias... pro que for, eu vou estar aqui, como sua amiga, como sua paixão, como sua tia, como o que você quiser.






" A distância pode separar dois corpos, mais nunca dois corações’’

Thaís Cardoso

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Uma nova maneira de ver o mundo

Depois de alguns anos de tristeza, repressão e tédio, finalmente começo a descobrir a verdadeira vida, atualmente quando saio de casa já não tenho pressa, simplesmente caminho devagar, ouço o silêncio, a musica da vida, sinto-me mais leve, afinal é normal que depois de tanto tempo perdido eu aprecie cada segundo.


Para os leitores mais antigos deste blog deixo aqui  minhas desculpas, porque possivelmente daqui pra frente os textos que eu escrever serão bem diferentes dos que já estão acostumados a ler.


A melhor explicação que tenho para este fato é que com o tempo a nossa visão de mundo muda, nossos olhos mudam sua maneira de enxergar a vida lá fora, e com o tempo isso também aconteceu comigo.






Espero que me entendam, e que mudem sua maneira de ver o mundo para melhor, assim como eu acredito estar fazendo.


E para terminar deixo aqui dois diálogos que vi recentemente em um jogo chamado Skyrim:


"-Qual é a musica da vida?
  -O silêncio!"


"- Qual o maior defeito do ser humano?
  -A inocência!"


Lembrem-se que nada grita mais alto que o som do silêncio e que ser inocente é um erro e também uma virtude, dependendo apenas de cada um.


Johnathan Alves Damasceno de Barros
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...