sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Por que gostamos de sofrer?

       Algum tempo atrás me perguntaram o que é a felicidade, na hora eu não soube o que dizer, mas hoje entendo que felicidade é apenas uma ilusão, um nome qualquer utilizado para definir algo que provavelmente nunca alcançaremos...


       Não alcançaremos porque a felicidade não precisa ser alcançada, ela já está presente em nossas vidas, desde o dia em que nascemos e a única razão para não percebermos isso é o eterno masoquismo do qual todos somos vítimas, todos nós homens, mulheres e crianças somos em nossa essência extremamente masoquistas.
     

       Isso mesmo, gostamos de sofrer, pois se não gostássemos, daríamos valor só a quem merece, não nos envolveríamos física e emocionalmente com pessoas que sabemos que só nos farão sofrer, não reclamaríamos pela falta de algo, mas sim agradeceríamos a presença de alguém...


       Mas infelizmente somos todos masoquistas, e não sabemos valorizar o que merece valor, gostamos apenas do que nos faz mal, amamos apenas o que deveríamos odiar, e assim seguimos com nossas reclamações e infelicidades, sem nunca nos darmos conta de que a culpa de nosso sofrimento é única e exclusivamente nossa. Afinal ninguém assina cartas fechadas.
    
   Quando você sabe que alguém não vale a pena e mesmo assim insiste, passa a assumir a responsabilidade pelo seu próprio sofrimento, quando nos envolvemos com alguém ruim, sabemos antes mesmo de começar que não vai acabar bem, mas nos achamos, únicos, especiais, diferentes dos demais e por isso nos envolvemos, porque nos achamos melhores que os outros e acreditamos que conosco será diferente, mas nunca é.


       E acabamos feridos, magoados, ressentidos e reclamando da vida, reclamando da nossa infelicidade, infelicidade essa que não existe, porque embora algumas pessoas nos façam sofrer, existem outras tantas que nos fazem bem, que nos querem bem.


       A vida é um copo com água até exatamente na metade, é escolha sua perceber que ele está meio cheio, ou que ele está meio vazio, ou simplesmente beber a água e ser feliz.

Jhony Inexplicável (Johnathan Alves)

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Mãe, Pai obrigado por ter feito a mim nos anos 90

O tempo passou, eu cresci, mas minha mente ainda é a de uma criança que gosta de jogar Mario, brincar de Bet, tomar banho de chuva. Minha preocupação era de ficar doente e não poder brincar no dia seguinte. Mas realmente hoje eu olho, pras crianças e digo pra mim mesmo, Mãe, Pai obrigado por ter feito a mim nos anos 90. Onde o amor era expressado e não somente dito, e quanto dito trazia felicidade a muitos, onde meu maior  medo era passar mertiolate no machucado, quando cartas eram enviadas, e não se ouvia músicas, onde desvalorizam a mulher, naquela época a mulher devia ser conquistada pelo rapaz, ao contrario de hoje onde a mulher se joga pra cima do homem. As frases que as crianças usavam pra brigar com as outras era não sabe, não sabe, tem que aprender, orelha de burro, cabeça de ET, hoje crianças de 4 anos ja sabem falar palavrões! Minha felicidade era de passar fases do Mário e as Malícias eram raras, enfim quanto mais olho a sociedade de hoje, mais tenho que agradecer aos meus Pais!


domingo, 13 de novembro de 2011

Fama, dinheiro e felicidade?

O que é preciso para ser feliz?
Fama? Dinheiro? Bens materiais? Sucesso profissional?



Nada disso trás realmente a felicidade, porque a felicidade vai muito além de tudo isso...
Então porque criou-se esse mito de que pra ser feliz é preciso vencer na vida, ficar rico, ficar famoso, ter tudo o que o dinheiro pode comprar?

Talvez seja porque só a minoria da população consiga alcançar essas coisas, para então perceber que ainda têm os mesmos medos e preocupações, que ainda se pegam pensando na vida, que ainda se sentem incompletos, infelizes, só que agora podem sufocar essa infelicidade comprando coisas que supostamente deveriam fazê-las felizes.

A verdadeira felicidade não pode ser comprada, nem alcançada junto com fama, ninguém é feliz, porque não existe feliz para sempre. A felicidade é momentânea, ela está em perceber que a vida se resume ao próximo segundo e por isso viver cada momento como se fosse o ultimo, porque pode mesmo ser.

O que é preciso para ser feliz?


Apenas viver, ciente de que não existe felicidade, existem apenas momentos felizes, dos quais a vida está cheia, e que só você pode escolher entre perceber esses momentos e aproveitá-los ao máximo antes que passem ou continuar em busca do seu happy ending.



Jhony Inexplicável (Johnathan Alves)

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

xxx


Quando Deus fez a terra e todo aquele blábláblá, ele fez o homem e a mulher para eles ficarem juntos e fazer toda a sacanagem entre eles, tava tudo indo perfeito até a vadia da Eva comer a ‘fruta proibida’ e fuder com todos nós [Eu te odeio Eva safada, porq voc foi comer maça? Nem é tão gostoso assim!]. Então eles foram expulsos do paraíso e todos nós viramos pecadores e tals, mais foi depois que a Eva fez a cagada que a coisa foi mudando em relação a algumas coisas, continua lendo qe voc vai entender porq eu comecei a falar sobre isso.

Eu sou um humano tradicional, tradicionalíssimo mesmo, respeito quando um cara cisma que vai dar pra outro cara, tudo bem o toba é dele né? E respeito quando uma mulher quer beijar a melhor amiga, eu acho isso muito legal, muito mesmo, meu sonho é ver a Vanessa [minha amiga] beijando outra mulher [ela vai me matar quando ver que eu escrevi isso aki! KKKKK]. Eu respeito mais não abusa não ta viadada, tipo, há cada 10 cantadas que eu recebo, 10% são de homens e isso me assusta muito, pra deixar bem claro eu sempre corto os caras que tentam ‘alguma coisa’ comigo, Deus me livre! Mais pesando bem, por um lado é bacana porq se até um cara me acha bonito, sendo que mulher é bem melhor que eu, quer dizer que eu to gatinho, né? Kkkkk

Uma vez me perguntaram se eu tinha coragem de beijar um cara, coragem eu tenho, eu só não tenho vontade. Em festas eu já beijei mulheres tão feias que às vezes seria melhor se eu tivesse beijado o Rodela. Mais porque eu falei ali em cima que eu tenho coragem, você aê viadinho de plantão num vai se animando não, homem nenhum tem chances comigo, na verdade eu só falei aquilo ali pra fazer uma média e pra vocês não saírem falando que eu sou homofóbico e tals. Seria homofóbico dizer que se todas mulheres do mundo morressem eu me casaria com uma cabra mais num ficava com nenhum homem?

Mais da onde surgiu o homossexual? [nuss, olha só eu tentando escrever de forma ‘politicamente correta’, vou escrever de novo] Mais da onde surgiu esse trem de ser viado? Algumas pessoas falam que ser gay é coisa do capeta, que o demônio possui o cara e faz ele ‘sair da linha’. Outros falam que a pessoa nasce gay, mais querida não existe o ‘cromossomo gay’, então essa idéia ta descartada, ainda prefiro a da possessão demoníaca mais se não for coisa de Satã, eu imagino que seja culpa da ‘maldição da Eva’, por exemplo, o carinha até então macho tava de bobs, aê ele provou uma fruta que não devia, acabou gostando e virou bicha, ta explicado.

O que leva um cara preferir ficar com outro cara? Bom, deve ser pra ele evitar ter que aturar todo mês uma louca de tpm, se um esquecer o aniversário de namoro não tem problemas porquê o outro também vai esquecer, e jogar futebol aos domingos não vai ser um problema porquê os dois vão jogar futebol juntos e no mesmo time. Mas mesmo com tantas vantagens eu prefiro não jogar futebol pro resto da minha vida do que ter que ‘bater bola’ com outro cara, saks?

Mais e a sapatão? Vlh, eu não tiro a razão das lésbicas, elas tão certas mulher é bão mesmo, nem discuto, se uma menina por mais linda que seja assumir que é sapata eu dou os parabéns e meu numero de telefone pra ela, porque vai que ela um dia queira fazer um ménage... ela, a namorada e eu, imagina que loucura. (6)

Agora a moda é ser bissexual, se a pessoa ta indecisa ela pega e assume que é gilete. Mais onde começou essa merda de Bi? O bi começou em 1962, a seleção brasileira de futebol comandada por Pelé, Garrincha e mais um monte de craques conquistou o bi campeonato mundial no Chile. Ah pêra aê, não é desse tipo de bi que eu ia falar, HEHE A criatura Bissexual é todo aquele que não é homem suficiente para sair do armário, nem gay suficiente para continuar macho, a pessoa que é gay, e não é gay ao mesmo tempo ou aquela pessoa que é macho e fêmea ao mesmo tempo, é uma coisa muito complicada, às vezes até eu que sou um guru tenho dúvidas sobre isso.

Mais eu também não sou contra os bissexuais, cara olha pelo lado bom, eles tem muito mais opção que uma pessoa hetero. Se eu tô na balada os meus alvos são apenas indivíduos do sexo feminino [óbvio], o que gira em torno de 40 a 60 por cento das pessoas da festa, mais alguém que é bi tem 100% de pessoas disponíveis, mais se essa pessoa for um bissexual masculino e eu tiver na balada pode considerar 99% das pessoas disponíveis.

Enfim, não importa em qual ou em quantos times você joga, o importante é se divertir e aproveitar a vida, o importante é ser feliz independente de quem vai estar do seu lado, ou em cima de você, ou por baixo...

O amor e outro vício


O amor é tipo tequila, você experimenta e pensa: “que coisa perfeita!” e fica impressionado com seu intenso sabor marcante e único. Quando você está sob seu efeito é tudo é lindo e divertido.




Mas é somente uma garrafa, você vai bebendo, dose após dose e um dia ela acaba, e quando isso acontece você sente uma ressaca infernal e sofre muito por isso. Você tenta substituir sua antiga garrafa de tequila por várias de cachaça, mas não é a mesma coisa.

E a ressaca continua e depois que você experimentou a primeira tequila você não consegue mais ficar sem, as outras bebidas não tem mais graça e tudo que você quer é a sua garrafa cheia de volta ou encontrar outra nova ainda mais destilada que a primeira.

Podemos levar uma vida inteira até encontrar a tequila certa, algumas pessoas procuram outros meios para encontra-la mas saiba que esse tipo de tequila não se compra e não se faz. Ela aparece nas nossas vidas e você tem que cuidar bem dela para durar para sempre!

Texto retirado do blog:
                        xruhan.blogspot.com

Como conquistar uma mulher

Antes de começar eu queria deixar claro que tudo que ta escrito nesse texto é fruto de uma extensa pesquisa sobre essa coisa que nenhum homem de verdade consegue viver sem: as mulheres. Diferente do texto anterior eu não vou desanimar nenhum cara desprovido de atrativos físicos de ler o restante desse texto, porque as mulheres nem sempre colocam a beleza como prioridade.

Nós homens vivemos nos perguntando: O que as mulheres querem? E eu sei a resposta, prepare-se, é um segredo que a milhares de anos todos nos do sexo forte viemos tentando desvendar e agora eu vou falar *tianranranran*   Elas não sabem o que querem! Se você acha que ta agradando ela pode está odiando, se você acha que ta odiando na verdade ela ta amando, se você a trata bem ela pisa em você e se a trata mal ela vem correndo igual a um cachorrinho, então seja imprevisível!



Bom, o quê as mulheres esperam encontrar num cara?

Elas definitivamente querem um cara companheiro, carinhoso, engraçado, atencioso, romântico, sincero, fiel, honesto, maduro, humilde, cheiroso, muito bonito, tem que ser vaidoso mais não ficar com muita frescura, que tenha atitude e que seja bundudo. Tudo bem que esse cara não existe, não tem lógica ter um cara assim no mundo, então não desanime ainda, elas podem querer alguém que tenha a pegada envolvente, aquele tipo de cara que chega junto, ele é feio, estranho, assustador, mais ele dá o que ela precisa, saks? Ou ela quer alguém pra bancar ela, tipo dar presente, levar ela pra lugares legais e tals. Então tente se enquadrar em um desses perfis.

Vamos supor que você é o Gianecchini, bonito, rico, famoso, o Diabo! Não existe mulher inatingível para Reynaldo Gianecchini, apesar dele ter sido casado com a Marilia Gabriela ele consegue ficar com qualquer mulher do mundo, e se você seguir as dicas eu espero que você também consiga. Então, ninguém te nota, você é um pobre coitadinho, nem amigos você tem (que dó), é muito fácil resolver seu problema de falta de mulheres: Monte uma banda! Nem precisa cantar bem, o importante é seu estilo, deixa seu cabelo crescer, passe muita maquiagem e começa a usar as roupas do seu irmão de 8 anos, grave uns vídeos legais e bota no you tube, ee vualá... agora você é um rockstar e vai pegar geral!

Mais se você acha que não leva jeito pra ser um astro da música, você pode apelar pro esporte, comece a jogar futebol que as marias chuteiras fazem a parte delas, você nem precisa ser titular, na verdade você pode até ser o gandula, porquê é o importante é o cheiro da grama misturado com suor que atrai esse tipo de fêmea.

Hm, vamos supor que você é gago e tem um problema no joelho, então tudo que eu falei até agora não ajudou em nada, então fique rico, jogue na mega-sena com um jogo simples de seis números a probabilidade de acertar as seis dezenas é de 1 em 50 milhões, então boa sorte! Mais se você não for um cara de sorte você pode fingir, nos somos especialistas nisso, você ta ligado que o homem só vê as mulheres por fora mais as mulheres vêem os homens por fora e por dentro... dentro da carteira, então se você for muito cara-de-pau finja que você tem muito dinheiro, ela vai ficar impressionada e vai querer dar pra você!

Depois de anos e anos de evolução humana, hoje no século XXI a maneira mais conhecida e eficaz de pegar mulher é comprando um carro, nem precisa ser um carrão, um Chevette 79 já serve. É comprovado que mulher consegue sentir o cheiro de gasolina a kilômetros de distancia então qualquer carro por mais fudido que seja já é o suficiente pra fazer muitas gatas morrerem de amor por você, mais não se esqueça de ter um dinheirinho pra bancar a gata e lembre-se: “Se o cara tem carro e tem dinheiro, ele tem tudo!”e quando falo "tudo" eu tô falando de sexo.

Até agora eu falei do jeito fácil de conquistar uma mulher, agora vamos falar sério, a primeira coisa a fazer é mudar o vizual, porque se você num ta arrumando nada você tem que mudar, então desapareça, vai pra uma caverna e fica lá malhando por 3 meses, mude seu penteado, jeito de falar, de se vestir e comece a andar com caras que estão acostumado a pegar muitas mulheres, assim você vai ficar popular e as meninas vão começar a te notar.

Uma coisa importante pra pegar mulher é o fator que nos chamamos de "O Carinha de Fora", é isso mesmo, as mulheres adoram caras de outras cidades, às vezes eles nem sejam tão interessantes quando os produtos locais mais têm alguma coisa inexplicável nos carinhas de fora que chama a atenção delas, então se a coisa não anda boa na sua cidade eu sugiro que você vá pra cidade vizinha dar uma volta e faça o teste.

A melhor coisa pra pegar uma mulher é você estar com outra mulher, eu não sei o que passa na cabeça delas, e acredito que elas também não entendem, mais basta aquele carinha esquisito que ela nunca notava arrumar uma gatinha que elas ficam loucas pra furar o olho da menina pra pegar o cara, mais é ai que você tem que ser esperto e saber administrar várias mulheres ao mesmo tempo, e é assim que começa os chifres, mais isso é assunto pra outra hora.

Mais então pra conseguir muitas mulheres você tem que ter uma mulher, mais como encontrar essa cobaia? Primeiro arrume qualquer uma, mais que não seja muito feia, porque algumas mulheres reparam se o cara só pega baranga, então procure uma menina mais ou menos gatinha, se aproxime dela, seja simpático, engraçado e prestativo. Nunca fale o que você realmente pensa, fale só o que ela quer ouvir. Elogie bastante, sem economizar, tô falando de falar que ela é linda de 5 em 5 minutos, ela vai ficar super feliz toda hora que você falar que ela é bonita. Convide ela pra fazer alguma coisa com você, algo que envolva bebida alcoólica, tipo beber um vinho e assistir filme,  mais você não pode falar na lata: "ah, vamo beber vinho!", chama ela pra assistir Crepúsculo e oferece vinho depois, ela vai beber e começar a ficar feliz, e pronto, você conseguiu a menina que vai abrir as portas pra você conseguir mais meninas.

Eu falei, falei e falei, e acho que esse texto não vai te ajudar muito, porquê na verdade não é a gente que escolhe a mulher, é ela que escolhe a gente, sinto muito mais a realidade é essa e por enquanto é só o Gianecchini que escolhe*. Então seja um bom rapaz, seja confiante, evite ser machista (elas odeiam isso), tenha atitude, não tenha medo de expor seus sentimentos, corra atras da mulher que você acredita que vale a pena porque se tiver que ser será, e não fique triste se você é horroroso e até sua mãe tem nojo de você, porquê às vezes sua aparência não agrada uma menina mais pode agradar outras duas! (nossa fico profundo essa parte)

Vamos supor que você conseguiu a menina que você queria, por mais que você goste dela e que as coisas pareçam estar bem, não baixe a guarda, fique sempre alerta aos sinais de que a mulher quer partir pra outra, porque como eu disse no começo desse texto elas não sabem o que querem da vida, porque no momento que está tudo aparentemente bem pode dá a louca nela e você tem que estar preparado para não ficar magoado, porque se alguém tem que se magoar nessa história, que seja ela.

Ahh,  tem mais um montão de coisas e dicas que eu queria escrever, mas esse texto esta enorme, não sei como você teve paciência de ficar lendo até agora, então vou encerrar por aqui, boa sorte!

*obs. quando escrevi esse texto em Maio de 2010 o Gianecchini estava saudável e tinha cabelo, mas mesmo agora careca e magrelo ele pegaria mais mulher que voce que precisa das dicas desse blog pra conseguir conquistar alguém

Texto retirado do blog:
                     xruhan.blogspot.com

Vlog do Harry Potter

20 anos após o fim da saga de Hogwarts, Harry reaparece para soltar o verbo:

Casa do João

O Felipe Neto roubou pão na casa do João?

O Fora


Na vida é normal levar um fora, todo mundo já levou um ‘toco’, se você nunca levou um pode ir correndo para o cartório porque você deve ter nascido ontem, ou você deve ser uma pessoa muito maravilhosa, mais fica tranqüilo, seu dia de levar um fora vai chegar, e você tem que estar preparado para isso!

Como identificar que a pessoa que você deseja não está tão afim de você, ou seja, não te beijaria nem se você fosse o último cara do sistema solar. Às vezes as nossas ‘pretendentes’ são delicadas na hora de falar o temido NÃO, tão delicadas que nem parece um não, se você ouvir um tal de “VOU PENSAR”, ela vai pensar mesmo, num jeito de ficar bem longe de você, pois agora ela sabe que ela ‘faz o seu tipo’ e já que ela não tem um pingo de interesse em você ela vai te evitar e a e já era! Tem um fora que engana muitos caras, o “HOJE NÃO, NA PRÓXIMA TALVES?!”, isso enche o rapaz de esperanças, sendo que ela quis dizer: “hoje não, porque eu to linda mereço coisa melhor, mais quem sabe no futuro se eu pegar gonorréia eu te procuro, pdc?!”. E também tem o fora mais clássico, aquelas duas palavrinhas que nenhum cara quer ouvir: “APENAS AMIGOS”, ahhh isso é o fim, se você ouviu isso pode desistir, o pior é que depois de levar esse fora, ela provavelmente não vai querer mais ser sua amiga como antes.

Depois de levar esses foras você deve esta todo tristonho, se sentindo um ogro, mais fica tranqüilo ela nem era tão boa assim, vamos lá, como superar esses foras com classe, uma diga importante é não ficar triste e com a auto-estima baixa, você tem que dar o troco, “cair pra dentro mesmo”, todo mundo precisa de alguém que também precisa dessa pessoa, e você tem que fazer essa pessoa pensar que ela precisa de você!

Primeiro passo da nossa “vingança”, desapareça por um tempo fica em casa comendo sorvete e assistindo Grey’s Anatomy, dá uma mudada no visual, compra umas roupas novas, e o mais importante, arrume uma namorada, ela nem precisa ser bonita, qualquer uma serve, não existe coisa melhor pra arrumar mulher do quê estar com outra mulher. Agora que estamos pontos, vamos à vingança, quando você localizar a donzela que te dispensou tão delicadamente, não olhe pra ela, se ela estiver em um grupo de amigas, converse com a amiga do lado dela, se ela estiver sozinha, passe do lado dela, mais jamais olhe pra ela, ela vai se sentir rejeitada e vai começar a te dar idéia, e não vai demorar muito e ela vai vim igual uma Madalena arrependida atrás de você, mais você não vai topar assim de cara, você vai se fazer de difícil, agora o jogo mudou você esta no comando, mais não vai ficar se achando demais, dê algumas esperanças pra ela, faça promessas, mulher acredita em tudo que o homem que ela esta interessada fala. Quando você tiver certeza que ela está ‘comendo na sua mão’, você pode simplesmente dar um fora nela! Se você escolher essa opção não esqueça de lembrar do dia que ela te deu o FORA, ela vai ficar se retorcendo por dentro de raiva e você ficará feliz porque conseguiu o que queria ver ela na merda, igual você ficou aquele dia, lembra? (kkkk) Mas você pode continuar com ela, afinal, era a sua intenção desde o início, e se ela tivesse aceitado de cara você nem ia ter precisado fazer esse plano idiota para beijar uma garota.


texto retirado do blog:
             xruhan.blogspot.com

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Eu vivi!

Eu vivi!
Estive vivo, participei da incessante batalha chamada vida, tive sonhos, sofri, chorei, senti dor, senti alegria, amei com toda minha alma , odiei com todo meu ser...
                Compartilhei dos sonhos e esperanças de meus amigos, e ao longo do caminho,
 vi muitos deles se perderem, sofri com cada perda, tentei lutar, tentei salvá-los, tentei mudar o que já havia acontecido, tentei em vão escrever um final diferente para uma velha história.



                Busquei como todo ser vivo um propósito para minha existência, um sentido para essa luta frenética chamada vida.Tive medo, duvidas, crise existencial, carência afetiva, medo de envelhecer, medo de não ser feliz, medo de não saber o que é felicidade, medo de não ser amado, medo de não saber amar.
                No começo era até bom, ao menos antes de me perder, antes de perder toda a  minha ingenuidade, antes de eu entender o sincronismo brutal da existência humana, antes de eu perceber que a vida não é justa com algumas pessoas, que normalmente chamam essa injustiça de “destino”.
                Eu vivi!
                Foi como um sonho, com momentos bons, outros bem tristes, mas do qual a maior parte nem posso me lembrar...
                Eu vivi!
                Não sei se foi real ou não, eu sonhei, estive ali, então um dia acordei, e foi quando eu...
                Morri.


Jhony Inexplicável (Johnathan Alves)

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O começo de uma história

Muitos acreditam que o tempo é como um rio que corre seguro e veloz em uma só direção, mas eu já vi a cara do tempo e posso lhes afirmar que estão errados...
O tempo é uma fria e longa tormenta...


                E se perguntarão quem sou e por que vos afirmo isso...
                Sentem-se e lhes narrarei uma história que nunca haveis escutado antes...
                O mundo está sempre em movimento e às vezes gira tão depressa que faz com que algumas pessoas passem pela vida sem deixar nada que as faça serem lembradas... O tempo não para e a vida não espera, todos nós morreremos um dia e nossa existência teria sido em vão se ninguém lembrasse que um dia existimos, se não deixássemos um legado.
                Amar, ter filhos, escrever um livro, coisas que todo homem deveria fazer... Deixar algo para o mundo, para que um dia quando sua vida se extinguir tenha algo pelo qual será lembrado...
                Sempre acreditei desde criança que a vida era como um livro escrita pelas mãos de um ser maior... “O CRIADOR”. E por ser assim desde os momentos mais felizes até os dias mais tristes fariam então parte de uma enorme trama escrita linha por linha pelas mãos do Criador... Os momentos felizes seriam apenas o final de um capitulo desse imenso livro e os dias ruins o começo de um novo... Porque se pensarmos bem a felicidade não teria graça sem a tristeza, não saberíamos como é bom ser feliz e por tanto acabaríamos por não dar atenção a esse momento. Cada dia ruim, cada lágrima que deixamos cair de nossos olhos faria então parte de uma obra de capítulos felizes e outros nem tanto. Acabaríamos por encontrar conforto e felicidade e se a tristeza voltasse a incomodar diríamos a nós mesmos: “vai passar, é só uma fase!” e logo viriam outros capítulos felizes e tudo ficaria bem, até que nossa participação nesse livro terminasse com a nossa morte e a trama seguisse com novos personagens, novas histórias. 
                 Mas recentemente algo me fez perceber que eu estava errado...
                A nossa história é escrita por nós mesmos, a cada dia, a cada momento, a cada fração de segundo... Se sofremos é porque procuramos isso com nossas ações, e se estamos felizes é porque fomos sábios e não nos deixamos a deriva, vivendo como se a vida fosse algo sem sentido, porque ela não é! O sentido da vida está em viver cada segundo sem se preocupar com o amanhã e sem se perder no ontem... Porque a vida é feita de momentos e nada mais.
                Ao perceber isso descobri que a felicidade está presente em todos nós, a cada sorriso, a cada lágrima, a cada gesto...
                Porque a felicidade é o que nos mantém vivos...
                Meu nome é Johnathan Alves e minha história começa assim...

sábado, 20 de agosto de 2011

Antes de te conhecer



Antes de te conhecer eu não entendia as canções,
dormia bem todas as noites,
não me importava com as minhas roupas,
esquecia o celular,
tinha pensamentos livres e horas vagas.
Meu coração era saudável,
lento, constante.
Eu não tinha febre psicológica,
crise emocional, stress acumulado,
nem carência afetiva.
Não tinha ciúme ou ódio.
Eu sempre tinha a razão,
não aguentava reclamações,
não planejava tantas coisas boas e bobas.
Antes de você eu não morria de saudade,
não era tão bem-humorado,
não me preocupava em fazer alguém feliz,
em cuidar de alguém.
Eu não sabia sequer que um abraço curava tanta dor,
que o mundo cabia num sorriso,
e que era possível gostar tanto de uma pessoa.

A verdade é que antes de te conhecer eu era inocente,
não entendia bem a vida,
não entendia bem o amor,
não que eu entenda agora...


é só que antes de te conhecer era mais fácil sorrir...

sexta-feira, 1 de julho de 2011

domingo, 12 de junho de 2011

Para a namorada que eu nunca tive...

O Amor, a única coisa que nós não conseguimos descrever perfeitamente ou sequer entender, ou saber exatamente como funciona, só sabemos que ele aparece em nossas vidas, nos enche de alegria e apenas isso importa.

Então você apareceu, no começo pensei que seria mais uma das milhares de pessoas que entram e saem da minha vida mas ainda bem que foi diferente. Você me aceita do jeito que eu sou, faz eu me sentir especial, quando eu te abraço me sinto seguro e se eu pudesse não te soltaria nunca mais.


Adoro ouvir todas essas musicas românticas e pensar em você, incrível como todas começaram a fazer sentido desde o dia que eu me apaixonei. Eu não sou um cara que se rende facilmente ao amor, mas com você foi algo mágico, me perdi no seu olhar pra finalmente me encontrar.

Eu amo tudo em você, o jeito que você me olha, seu sorriso e o som da sua risada. Você é a garota dos sonhos de qualquer cara, mas não é dos meus sonhos, porque você já é uma realidade pra mim.

Sabe esse lance que quando estamos à beira da morte toda vida passa como um filme diante dos nossos olhos em um resuminho de todas as coisas boas? Se eu morresse agora só teria você nesse filme, porque você é minha vida e eu te amo demais. Se um gênio da lâmpada me oferecesse os desejos eu não usaria nenhum, porque eu já tenho você e você é tudo que eu sempre quis.

Feliz dia dos namorados...

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Redes Sociais

A crescente popularização do uso da internet em grande parte do globo terrestre é uma das principais características do século XXI. Tal popularização apresenta grande relevância e gera impactos sociais, políticos e econômicos na sociedade atual.
A facilidade que existe no mundo moderno para acessar a internet em celulares, tablets e notebooks faz com que os jovens fiquem mais conectados. E com isso cada vez mais as redes sociais vão se tornando uma rotina em suas vidas, e como tudo em excesso, torna-se um problema.
Um importante questionamento em relação a esse uso da internet é o fato de existir uma linha delicada entre o público e privado nas redes sociais. Estas, constantemente são utilizadas para propagar ideias, divulgar o talento de pessoas até então anônimas, manter e criar vínculos afetivos, mas, em contrapartida também podem expor indivíduos mais do que o necessário, em alguns casos agredindo a sua privacidade.
É  necessário que haja uma conscientização por parte dos internautas de que aquilo que for uma utilidade pública ou algo que não agrida ou exponha um indivíduo pode e deve ser divulgado. Já o que for privado e extremamente pessoal deve ser preservado e distanciado do mundo virtual , que compartilha informações para um grande número de pessoas em um curto intervalo de tempo. Dessa forma, situações realmente desagradáveis no incrível universo da internet serão evitadas.
Pesquisas recentes comprovam que as redes sociais se tornaram um vicio em muitos países, e mostram dados preocupantes. A Universidade de Maryland, nos EUA, fez uma pesquisa usando como base mil universitários de 37 países entre 17 e 23 anos. Grupos foram impedidos de usar celulares, redes sociais, internet e TV por 24 horas, e usar apenas telefone fixo e livros. Eles também deveriam manter um diário onde relatariam como se sentiam e o que faziam. 79% dos estudantes mostraram sintomas análogos às síndromes de abstinência química: desespero, “esvaziamento”, ansiedade, confusão e isolamento.Um em cada cinco alunos relatou sentimentos de abstinência.11% se sentiram confusos ou fracassados 19% relataram sentimentos de angústia.11% se sentiram isolados.Apenas 21% dos participantes relataram que poderiam sentir os benefícios de ficar incomunicáveis.   
Orkut, Twiter e Facebook são alguns exemplos das redes sociais (virtuais) mais acessadas do mundo e, convenhamos, a popularidade das mesmas se tornou tamanha que não ter uma página nessas redes é praticamente como não estar integrado ao atual mundo globalizado. Através desse novo meio as pessoas fazem amizades pelo mundo inteiro, compartilham ideias e opiniões, organizam movimentos, como os que derrubaram governos autoritários no mundo árabe e, literalmente, se mostram para a sociedade. Nesse momento é que nos convém cautela e reflexão para saber até que ponto se expor nas redes sociais representa uma vantagem.
Dado isso, é essencial que nessa nova era do mundo virtual, os usuários da rede tenham plena consciência de que tornar pública determinadas informações requer cuidado e, acima de tudo, bom senso, para que nem a própria imagem, nem a do próximo possa ser prejudicada. Isso poderia ser feito pelos próprios governos de cada país, e pelas próprias comunidades virtuais através das redes sociais, afinal, se essas revelaram sua eficiência e sucesso como objeto da comunicação, serão, certamente, o melhor meio para alertar os usuários a respeito dos riscos de seu uso e os cuidados necessários para tal.

Johnathan Alves Damasceno de Barros

quinta-feira, 14 de abril de 2011

The last breath

É tão estranha a sensação que se tem, quando se chega ao final de tudo...


É difícil entender todas as dores, conhecer todas as curas, apesar de não conseguir cicatrizar algumas feridas...
O começo é sempre igual, mudam-se os meios e mesmo assim sempre termina do mesmo jeito...


O mundo gira, o tempo passa, as pessoas mudam, ou tentam mudar até que chega a morte e com ela o fim de tudo, o mundo continua girando, o tempo ainda passa, mas para quem morre nada disso tem mais importância, o breve sussurro que um dia chamou de vida encontrou seu fim...


Bens  patrimoniais, relações profissionais, agora nem se sabe muito bem para que serviram, e o discurso decorado em que se sentia orgulho do passado, um passado que será esquecido, e agora já não tem nenhum valor, preso eternamente na memória de alguem que já não vive...


E mesmo assim as pessoas... ocupadas demais, apressadas em suas vidinhas, preocupadas com um futuro que talvez nunca chegue, preocupadas demais para viver...


É estranho perceber no fim de tudo, que o que mais dói na vida é ser esquecido por todos aqueles que um dia gostaram de você...


... E só no final de tudo, entender que a culpa é sua... sempre foi sua...


Jhony inexplicável (Johnathan Alves)

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Morte por medo da vida

Talvez seja preciso errar para aprender o que é certo, talvez seja preciso perder para aprender a dar valor, talvez seja preciso sofrer para aprender a ser feliz, talvez seja preciso odiar para aprender a amar.
              É a vida é cheia de mistérios e contradições e temos que aprender a lidar com isso, aprender que o que é certo nem sempre é o melhor, aprender que o tempo pode ser o melhor amigo e também o pior inimigo.
                Todos nós ao longo da vida erramos e alguns de nossos erros nos perseguirão pelo resto de nossas vidas...
                Mesmo assim é preciso sentir, amar, sofrer, chorar, correr riscos, viver e não apenas existir, porque se não fazemos isso nos tornamos escravos do medo, medo de tudo e de todos, medo de acabarmos sozinhos e feridos, mal sabemos que toda dor vem do nosso desejo de não sentir mais dor.



                Ao temer a vida acabamos morrendo e ao morrermos por medo de viver só mostramos ao mundo o quanto somos covardes, covardes até para lutar pelo que desejamos.
                Sei bem como é morrer por medo de viver, porque já morri e me matei varias e varias vezes.
                Em todas as vezes que morri, ou que matei meu coração, foi por minha culpa, por minhas próprias escolhas, por minha própria insegurança e por meu próprio medo.
                Sofri muito em cada uma das milhares de vezes em que sozinho em meu quarto ou em meus sonhos morri sabendo que amei e não fiz nada por esse amor... E com o passar do tempo me acostumei com essa dor e aprendi a viver com ela, mas essa noite um sonho me fez morrer mais uma vez, uma morte mais cruel e dolorosa do que todas as outras.
                Dentro daquele sonho eu vi a minha vida como eu gostaria que fosse, como poderia ter sido se meu medo não tivesse me impedido de agir, me impedido de ser feliz ao lado daquela que tanto amei em segredo.
                chorei muito ao acordar e perceber que tudo não passou de um simples sonho, uma mera ilusão, percebi então que o tempo havia se passado e eu fiquei perdido em meio as minhas angustias, em meio aos meus medos e com isso acabei perdendo tudo aquilo que cheguei à amar.
                E nem ao menos posso voltar atrás para dizer a ela que a amei com todo meu ser,que ela é e sempre será tudo o que eu amo, porque agora já estamos perdidos e distantes, distantes demais para sonhar, distantes demais para amar, distantes demais para viver.


Jhony Inexplicável ( Johnathan Alves )

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Será que é possível?

Será que é possível mudar os erros do passado? Recomeçar a vida novamente a cada instante... Esquecendo os erros e as lembranças ruins e guardando na memória apenas as coisas boas da vida...
                Será que se pode apagar as palavras amargas ditas na ira de uma briga ou de uma discussão? Ou dizer o que nunca foi dito antes que o momento passe e a chance escape?
                Será que podemos evitar todas as dores que a vida causa? Amando apenas quem nos ama, dizendo o que sentimos não o que deveríamos dizer...
                Será que amar é mesmo tudo? Ou amar é apenas um pretexto para escondermos nossa infelicidade e tristezas?
                Será que a vida é como um livro escrita pelas mãos de um ser maior? Ou escrevemos nossa própria historia a cada instante, a cada milésimo de segundo?
                Será que a vida tem a ver com sofrimento? Vivemos porque sofremos e sofremos porque vivemos... Ou será que sofremos apenas por sofrer e vivemos apenas por viver?
                A vida é um mar de incertezas e a única coisa que é certa é que nada aqui é certo, por isso ignoremos as possibilidades e prestemos atenção aos detalhes para que a estrada da vida nunca nos pegue de surpresa, e se errarmos tudo bem, terá sido na intenção de acertar, e se nos perdemos bastará sonhar e os sonhos nos guiarão rumo à felicidade, e se cairmos aprenderemos a levantar, se sofrermos aprenderemos a superar as dores, mas se tentarmos, viveremos eternamente, pelo simples fato de termos vivido e não apenas existido.


Jhony Inexplicável (Johnathan Alves)

domingo, 3 de abril de 2011

Mais um ano que se passou...

Eu nasci no ano de 1994 em um domingo de páscoa, pouco depois da meia noite, o estresse constante de minha mãe fez com que eu me virasse de mau jeito na barriga e por isso eu nasci pelos pés e não pela cabeça como a maioria dos bebês, o problema nisso é que quebrei minhas pernas ao nascer, os médicos diziam que eu nunca iria andar...
            Durante boa parte da minha infância usei um aparelho enorme e horrível, que me machucava muito, mas graças a ele hoje sou quase normal, ando perfeitamente, embora ainda tenha as pernas meio tortas...
            Meu pai foi um covarde e fugiu assim que soube que minha mãe estava grávida, minha mãe sempre fez de tudo para que não me faltasse nada material, e com isso ela meio que se esqueceu do carinho, esse eu nunca tive...
            Aprendi cedo a me virar sozinho, a não precisar de ninguém, a ser independente, a ser sozinho...
            Por isso sei bem o que é solidão...
            Mas eu cresci, amadureci, encontrei amigos, amores, pessoas que acreditaram em mim e me ensinaram o que é amizade, me mostraram como é não ser só...
            Nunca fui normal, nem nunca serei, não gosto do que é comum, prefiro ter personalidade e opinião, sem falar na capacidade de pensar sozinho...
            Nunca fui um grande defensor da tese de que Deus existe, para dizer a verdade sou ateu, mas não tento convencer ninguém de que Deus não existe, nem gosto quando tentam me provar o contrário, afinal cada um tem o direito de acreditar no que quiser...
            Costumo dizer que me apaixono todo dia, sempre pela pessoa errada...
            Apesar disso, só amei uma vez na vida há muito tempo atrás, amei a pessoa que mais me fez feliz e também a que mais me fez sofrer, mas sem duvida a que mais me ensinou e a que mais me fez crescer...
            Hoje muita coisa já se passou em minha vida, perdi tudo o que mais amava, mas aprendi a amar novas coisas que a vida me trouxe...
            Sou o que eu escolhi ser e ninguém nunca poderá mudar isso...
            Não posso dizer que não fiz escolhas erradas, porque seria mentir, mas não me arrependo dos deslizes que cometi, porque deslizando perdi pessoas que amava, mas graças a essas perdas encontrei novas pessoas que amo mais ainda e que me fazem mais feliz, do que jamais sonhei em ser....


Jhony Inexplicável (Johnathan Alves)

sábado, 26 de março de 2011

Me cansei!

Porque será que eu ainda insisto em me apaixonar por quem só me faz sofrer?

Todos os dias eu acordo e penso: hoje vai ser diferente, hoje eu vou encontrar o grande amor da minha vida, e depois disso serei feliz!




Mas é tudo sempre igual, saio de casa todo dia, já ciente de que vou me decepcionar, me decepcionar com a vida, com as pessoas, com as coisas, me decepcionar comigo mesmo, com meus sentimentos, com meus sonhos, com minhas ilusões, me decepcionar com as pessoas que eu amo, com as pessoas que eu aprender a amar, me decepcionar com o amor em si, me decepcionar com a vida.

E agora chegou a tal ponto que eu me cansei, me cansei de sofrer, me cansei de amar, de tentar encontrar alguém que me ame, de tentar ser feliz, de procurar desesperadamente a felicidade me cansei de gente falsa, de sorrir apenas por sorrir, de parecer simpático, de me calar, de ser quem eu não sou, me cansei de amar, de sonhar, de sofrer, de chorar, de viver, de existir, me cansei de abrir os olhos, de ouvir, de te ouvir, de te ver, me cansei de tentar me explicar, de dar explicações sobre as coisas que penso ou digo ou faço, me cansei de tentar ser o que você quer que eu seja, me cansei de ser o que não gosto, me cansei de não ser autentico, me cansei de você, me cansei de mim mesmo.

Cansei de andar, de correr, de me perder, de me encontrar, de não me encontrar, de saber onde estou, de não ter para onde fugir, de não ter como fugir, me cansei de sentir, sentir amor,ódio,remorso, tristeza, solidão, me cansei de não ser compreendido,de não ter amigos, de não ter amor, me cansei de ser o estranho, me cansei de causar medo, me cansei de ser diferente, me cansei da inveja, da incompreensão,da maldade, da tristeza, do vazio, da solidão, me cansei de ser o amigo, de não ser o amor, de ser admirado,de não ser amado,me cansei de não me entender, me cansei de não conseguir me controlar, me cansei de não conseguir parar, me cansei de estar cansado, de não ter descanso, me cansei de tudo e tudo se cansou de mim!

Mas a vida e assim e não se pode parar, independentemente do quanto se está sofrendo, ou do quanto ainda se vai sofrer, até encontrar a cura para esse vicio, de se perder todo dia mesmo sem nunca ter se encontrado!


Jhony inexplicável (Johnathan Alves)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...