domingo, 8 de setembro de 2013

Sobre a Depressão...

Eu nunca me importei de passar as noites sozinho no meu quarto. A solidão nunca me incomodou. Nunca tive problemas com o fato de não ter muitos amigos, de não sair de casa. Nunca me incomodei com a depressão...
Não sei dizer o que está acontecendo, tem um enorme vazio dentro de mim e não consigo preenchê-lo com nada.

Onde estão meus amigos?
Eu realmente gostaria de saber...

Por que esse vazio dói tanto agora? Quero dizer... Ele sempre esteve ali, mas nunca doeu tanto.

Essa não devia ser a melhor fase da minha vida?

Eu quero desesperadamente chorar, sinto vontade de gritar tão alto que toda a cidade ouça meu desespero, que todos sintam essa maldita agonia que eu sinto agora.

Por que não consigo nem ao menos chorar?

Por que esse grito não sai?

Durante dezenove anos eu acumulei sentimentos dentro de mim, ignorando minhas tristezas, esquecendo a solidão... Deixei de sentir tanta coisa. Talvez todos esses sentimentos tenham enchido minha mente a ponto de transbordar coisas não vividas. Tantos sentimentos deixados para e depois, um depois que nunca chegou.

Como se faz pra recomeçar?

Por onde eu começo?

Por que escrevem tão pouco sobre a depressão?

Eu ainda consigo me sentir vivo?

Por que ninguém vem me salvar?

Por que essa maldita dor não para?

O mais triste de se estar deprimido é perceber que a sua felicidade quase nunca depende de você.


Johnathan Alves Damasceno de Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...