quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

João Roberto

João Roberto era um menino pobre
Que tinha um sonho bem nobre
Mudar bem no fundo
O coração do mundo

Um dia, bem velho
Se olhou no espelho
E se viu prisioneiro
Do seu paradeiro

Saiu pelo mundo
Como um vagabundo
Sem casa e sem rumo
Se pôs a andar
  
Escravo da vida
Estranha homicida
Dos sonhos dos pobres
E dos corações mais nobres

Um dia viu um homem mau
A ser vítima fatal
Lembrou do seu sonho
E salvou o estranho

Ouviu-se um grito
Levara um tiro
Perguntaram porque
Respondeu sem querer
“Mudei o mundo em você”

Sorriu bem seguro
Tocara-o no fundo
Mudara o mundo
Como um vagabundo
Sorria agora
Em sua última hora

Foi então para o céu
Para junto de Deus
Deixando a pensar
O homem que seu sonho
O fizera salvar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...